terça-feira, junho 27, 2006

As baladas do Baleiro

Prometi.
Agora cumpro.
Aí está Zeca cantando, num dos intervalos da gravação de seu DVD. Enquanto a equipe trocava a fita, ele nos mostrou essa música que chamei de Por você, já que o nome não foi dito. Como não sou grande conhecedora da obra do moço, penso que a música é nova. Os fãs de carteirinha que me corrijam...

Quem ouvir uma voz reclamando da rima de Zeca, pode ter a certeza de que é minha. Afinal, antes dele, Chico César já rimou farmácia com Croácia...

No início fiquei um pouco arrependida por ter optado por Zeca em vez de Lenine. Mas depois, me envolvi e acabei gostando.

Zeca estava bem à vontade, de camiseta e calça larga. Nos pés uma sandália linda. Seria da Camper?

Fiquei intrigada com a unha do dedo mínimo do rapaz. Pintada de vermelho. Alguma explicação?

P. S.

De tão encantada com as deusas, esqueci de mencionar que os deuses também estavam soltos por aqui.
Zeca Baleiro e Lenine gravavam seus DVDs nesse mesmo fim de semana. E Chico César esteve na platéia dos dois.
Fomos ver Zeca no sábado. Chico esteve no Auditório do Ibirapuera vendo Lenine nesse dia...
Domingo, Chico estava no SESC Pinheiros conferindo a performance de Zeca, enquanto nós cantávamos com Rita Ribeiro.
Ana filmou e fotografou Zeca. Fico devendo uma amostrinha...
Êta fim de semana gordo!

segunda-feira, junho 26, 2006

Duas deusas...

Parece que o céu baixou aqui em Sampa nesse fim de semana...
Começou na sexta-feira com Ceumar. Linda! Cantando com o Mani Padme Trio, no SESC Santana.
Suave e meiga, Ceumar nos encantou com novas e velhas canções. Nem dá pra dizer o quer foi melhor. Mostro dois momentos e deixo a decisão pra quem quiser.
Primeiro a música nova: Dança, de Yaniel Matos e Ceumar, recém saída do forno.
(retirada a pedido da cantora)
Agora Rãzinha Blues, de Lony Rosa, gravada no CD ¡Sempre Viva!



A autora dos clips foi Ana.
E a magia seguiu no domingo, com Rita Ribeiro mostrando sua graça e sua voz pra quem se aventurou a ir até longínqüo SESC Itaquera. Ritinha cantou e dançou animadamente durante todo o tempo em que esteve em cena. O som deu lá os seus pitis, mas a moça não parou. Na última música, para o desespero dos seguranças, desceu do palco e foi pra perto do público.
E depois de show ainda saiu acompanhada de Elza - irmã e produtora - pra conversar e posar pra fotos com os fãs que a esperavam do lado de fora do camarim.
Valeu cada quilômetro rodado.
Aí está o álbum de fotos uma foto pra mostrar um pouquinho do clima:
Rita
(Post atualizado em 12/12/2012)

quinta-feira, junho 22, 2006

Ufa!

E o fim de semana prolongado seguiu.
Na sexta pela manhã, fomos à Rua 25 de março. Péssima idéia. O mundo inteiro estava por ali...

À noite, show da Banda Vexame. Foi bem divertido! Olintho estava conosco.
E a noite terminou no Genésio.
No sábado, Av. Paulista, com mais um click de Ana.


E, por fim Chico - de novo - no SESC Ipiranga. Agora o click é meu...

Para esse show, convidei meu pai. Ele apareceu por lá e gostou. Também pudera! Tem jeito de não gostar daquele menino?

Olintho, raptado por nós no final da tarde, também estava por lá. Teve quentão e bolo de milho. Bom!

O show foi quase igual ao do SESC Interlagos, mas Chico estava muito mais animado. Cantou muito. E até nos surpreendeu com uma versão de Por que você não vem morar comigo? em ritmo de xote. A surpresa foi tanta que nem tivemos tempo de gravar. Vai ficar para uma outra vez. Gravamos a música Face e outras duas músicas que aparecem incidentalmente na versão para shows de Pedra de Responsa.

Pra ver os outros clips:

mocinha bonitinha

pescaria
Domingo - dia do aniversário de Bethânia - foi dia de descanso, que ninguém é de ferro. Almoçamos com Emília durante o jogo Brasil X Austrália. No restaurante, só nós e os serviçais. Na hora do cafezinho, saiu o primeiro gol do Brasil.
Pra encerrar o dia, café no Fran's com Alberto, o bom baiano.
E pra atiçar a inveja dos amigos cariocas, que queriam vir e não vieram, Olintho e eu preparamos uma maratona paulistana para Alberto: teve Sujinho na segunda-feira e Genésio na terça. Ufa!!!!!!

terça-feira, junho 20, 2006

Olá como vai?

Depois de quase uma semana na tranqüilidade forçada a que Assis submete seus visitantes e moradores, voltamos para o burburinho de São Paulo num fim de semana prolongado e cheio de eventos.
A própria viagem de volta já nos mostrou o que São Paulo reservava: às duas e meia da madrugada, na parada do ônibus, no Rodoserv, município de Pardinho, quase não havia mais lugar; o banheiro feminino tinha filas diante de todas as inúmeras portas. Nunca tinha visto aquilo assim... Na rodoviária e metrô, também muito movimento.
Depois de descansar um pouco, começamos nosso périplo da quinta-feira, que incluiu Planeta's, Largo do Arouche e SESC Interlagos. Loooonge!!!!!!
E, claro, houve aquela perdida básica do caminho pra chegar lá. Nunca tínhamos ido ali à noite. Achamos a região meio assustadora...
O que fomos fazer lá? Resposta fácil: Chico César e o Quinteto da Paraíba se apresentavam na festa junina dali. O show foi diferente dos anteriores, adaptado à ocasião. Chico nos brindou com músicas que tinham mais a ver com o ambiente festivo onde estávamos.
Por preguiça, não levei minha câmera. As fotos dessa noite ficaram por conta de Ana. Coloco uma para dar idéia.

Simone Soul não está. No seu lugar, Guegué Medeiros, primo de Xisto.

No dia seguinte, encontramos com Simone. Disse que Chico a tirou da banda. Bem, ela o deixou na mão na penúltima turnê na Europa, estava ensaiando com os Mutantes, que depois fizeram um show badaladíssimo em Londres. Escolhas...
No final do show, falamos uns minutinhos com Xisto Medeiros. Ele nos mostrou onde era o camarim e nos incentivou a ir até lá cumprimentar Chico. Mas, como procuramos Verônica - a produtora de Chico - e não a encontramos, achamos que seria muita intromissão aparecer no camarim sem mais nem menos. Fomos embora.
Mas o acaso nos reservava um momento "Sinal Fechado". Em plena Av. Interlagos, paramos num semáforo e vimos ao nosso lado a van que transportava Chico de volta para casa. Atraído por nossa buzina, Chico abriu a janela e conversamos um pouquinho. Quando o sinal abriu, cada um de nós foi pegar seu lugar no futuro... em busca de um sono tranqüilo.

segunda-feira, junho 12, 2006

Peladas na praia

A história é velha, mas ainda rende...
No início de 2004, Ana e eu estivemos na Paraíba. Fomos a Tambaba - praia de nudismo - para o show-festa de aniversário de Chico César. Em seguida, fomos a Catolé do Rocha, terra natal do moço e visitamos seus pais.
Na volta, escrevi os relatos que podem ser vistos no link abaixo. A fotos são de Ana e os textos são meus. É isso!

quinta-feira, junho 08, 2006

Eu sei que é junho...

Parece que junho é o mês preferido dos compositores de bom gosto. Vejam aí:

Junho
(Alceu Valença - Geraldo Valença)
*
Eu sei que é junho, o doido e gris seteiro
Com seu capuz escuro e bolorento
As setas que passaram com o vento
Zunindo pela noite, no telheiro
*
Eu sei que é junho, esse relógio lento
Esse punhal de lesma, esse ponteiro,
Esse morcego em volta do candeeiro
E o chumbo de um velho pensamento
*
Eu sei que é junho, o barro dessas horas
O berro desses céus, ai, de anti-auroras
E essas cisternas, sombra, cinza, sul
*
E esses aquários fundos, cristalinos
Onde vão se afogar mudos meninos
Entre peixinhos de geléia azul

Bom, por aqui junho começou com a troca dos carros. Argemiro voltou pra Assis, agora pertence a Ana.
Agripino veio de Assis. Vai morar aqui, no Paraíso.
Como os dois carros são lindinhos, todo mundo ficou feliz. Até Dionísio, o mais velhinho de todos, que voltou pra São Paulo e agora vai morar na Vila Formosa e servir ao seu novo senhor: Felipe.
Chegando à capital, Agripino já entrou na roda dos shows. E, no mesmo dia de sua chegada, lá fomos pro SESC Pompéia ver a homenagem a Cazuza. Cantavam: Moisés Santana, Andréa Marqueé, Lupa Mabuse e Ney Matogrosso.
Nem é preciso dizer que Ney arrasou... Mas Lupa também foi uma boa surpresa.
Ana, fotógrafa de plantão, clicou tudo:


Outras coisas boas que chegaram com junho:
Shopping Frei Caneca, Mestiço, Stand Center, Marcos Paulo, Fnac, Olintho, Dárcio, Ronaldo, Eduardo, Acrópoles, Espaço Unibanco, Padaria Bella Paulista, Restaurante da API, Genésio, Emilia, Elsa, entrevista na Vejinha, Bassano, Ópium, Brasif Shopping, Barão de Itararé, Lourdes, Alternativa... e Andorinha pra Assis.

(Post atualizado em 12/12/2012)

terça-feira, junho 06, 2006

Noites de junho

Pra comemorar a chegada do mês de junho, começo esse post com um padacinho da letra de uma música de Chico César que está no CD Brincadeira gravado e vendido na Espanha.
Noites de Junho

(Zezo Ribeiro e Chico César)
Noites de junho vem com os ventos bons
Desses que acendem as fogueiras
Como se pingos de estrelas
Céu ao rés do chão cá viessem morar

Quem quiser ouvir tudo, pode baixar lá no RapidShare:

Quem quiser ouvir pode acessar esse link: 


Agora falo de maio.
Depois do último post muita coisa rolou...

  • Show de Ney Matogrosso no Palácio das Artes, em Belo Horizonte. Aí está uma foto feita por Ana:



  • Show de Bethânia em Mariana/MG. Devidamente fotografada por Ana:


(Foto de Ana Oliveira adicionada em 10/12/2012, em substituição ao álbum citado acima que foi desativado.)


  • Música Ligeira no SESC Pompéia, com filminhos feitos por mim:


  • Giana Viscardi, também no SESC Pompéia, com participação de Chico César. Fotos de Ana:

(Foto de Ana Oliveira adicionada em 10/12/2012, em substituição outras citadas acima que foram desativadas.)

  • E pra encerrar o mês, Ceumar na Livraria da Vila, lendo um conto do livro Inventário de Ranhuras, de Jeová Santana. Foto e clip feitos por mim:
(foto)

(Foto adicionada em 10/12/2012, em substituição outra citada acima que foi desativada.)


  • E pra junho tem mais. É esperar pra ver...