domingo, janeiro 08, 2017

Em Boston pela primeira vez

Foto: Ana Oliveira

Já tínhamos planejado conhecer Boston numa viagem em 2012, mas problemas de doença em família nos tiraram da rota. Acontece!

Agora, na viagem para os Estados Unidos no início de dezembro/2016, rolou. Fomos a Boston e gostamos!

Saímos do Brasil com tudo reservado: ônibus da Boltbus e Hotel Lenox. Foi tudo bem bom.

Fazia frio e teve até um pouquinho de neve. Um tiquinho de nada, é verdade, mas os telhadinhos que avistávamos da nossa janela ficaram esbranquiçados.

Olhaí:

Foto: Ana Oliveira

No dia anterior à neve, percorremos toda a Freedom Trail, parando em cada um dos pontos históricos da cidade. Atravessamos a ponte Charlestown e achamos até dispensável, mas já estávamos lá... Só ficaram de fora a visita ao barco USS Constitution, porque chegamos tarde, e a subida ao Bunker Hill Monument, porque ficamos com preguiça.

A Freedom Trail é uma trilha urbana demarcada com tijolos vermelhos que percorre a cidade passando por pontos históricos importantes. Bem interessante e prática. Ela não passa exatamente em frente à Mike's Pastry, mas nós demos uma passadinha na Hanover St. pra experimentar os canolli que foram considerados mais importantes que uma arma, no filme "O poderoso chefão". Quem não se lembra da cena, pode revê-la aqui.

Foto: Ana Oliveira

Aproveitamos o dia chuvoso pós neve pra ir uma visita à cervejaria Samuel Adams, com direito a tour pela fábrica e degustação generosa de quatro tipos de cerveja. Tudo grátis, inclusive o copinho que você usa na prova e pode levar pra casa. Adoramos!

Foto: Ana Oliveira

E ainda tivemos uma surpresa final: havia um trolley que fazia o translado grátis desde a cervejaria até o Doyle's Cafe.

O clima no trolley era de festa, com música, luzes e comentários do motorista. Turistão até não poder mais, mas divertido. Ana filmou um pedacinho dessa aventura pra gente não esquecer como foi:


No Doyle's, fomos bem atendidas, comemos bem e tomamos mais cerveja Samuel Adams. E, vejam só, quem toma cerveja lá leva de brinde o copo, igualzinho ao que era vendido na lojinha da fábrica e que, dizem, mantém a temperatura da cerveja por mais tempo. Foi assim que voltamos pra casa com quatro copos na bagagem (de mão!).

O dia, que começou com neve e teve chuva pela manhã, melhorou a ponto de nos permitir subir os 50 andares do Prudential Center para ver Boston do alto lá no Skywalk Observatory.

Fotos: Ana Oliveira

No dia seguinte, tomamos o ônibus nº1 e fomos a Havard. Andamos pelos famosos jardins da universidade e chegamos à conclusão de que ela é mais bonita nos filmes do que na vida real. Será?

Almoçamos no Henrieta's Table, restaurante bem concorrido que fica no The Charles Hotel.

A dica foi da Marcie e valeu cada passo entre a universidade e o restaurante. Se alguma vez você for ao Henrieta's, atente para o detalhe: o restaurante fica dentro do hotel. Nós deixamos escapar essa informação e ficamos um tempinho perdidas procurando o restaurante no nº 1 da Bennett St. 😳

Nosso hotel ficava a dois passos da bonita e agradável Boston Public Library, o que nos permitia dar sempre um pulinho lá. Fizemos do Newsfeed Café, que fica ali dentro, uma extensão da nossa casa. Delicinha!

Foto: Ana Oliveira

Perto de nós também estava a Trinity Church. Tínhamos lido um post  no Wazari viajando mundo afora que recomendava uma visita à igreja. Pensamos em ir, mas achamos abusivo o valor de 7 dólares para a visita guiada, única opção possível para entrar na igreja naquela hora. Declinamos!

Na nossa última manhã em Boston, as ruas estavam molhadas pela chuva da noite anterior, mas ainda assim nos aventuramos até o Boston Public Garden pra ver Mrs. Mallard e seus filhotes na escultura Make way for ducklings, de Nancy Schön.

Foto: Ana Oliveira

Make way for ducklings é uma famosa história infantil escrita no século passado por Robert McCloskey, que conta a história de um casal de patos-reais que construiu seu ninho numa ilha no meio do lago, no Boston Public Garden. Quando os filhotes nasceram Mr. e Mrs. Mallard lhes deram os nomes de Jack, Kack, Lack, Mack, Nack, Ouack, Pack e Quack, usando uma sequência das letras do alfabeto do J ao Q.

Voltamos ao hotel pela Commonwealth Avenue Mall. Uma avenida larga, com enormes e luxuosas casas. No canteiro central da avenida, chamou-nos a atenção o Boston Women's Memorial, uma homenagem a três grandes mulheres da cidade:

Abigail Adams, esposa do 2º presidente americano e defensora de mais oportunidades para as mulheres, particularmente na educação.

Foto: Ana Oliveira

Lucy Stone, abolicionista e respeitada oradora. Fundadora do Woman's Journal, importante publicação sufragista.

Foto: Ana Oliveira

Phillis Wheatley, autora de "Poems on various subjects, religious and moral", o primeiro livro de autora africana publicado na América.

Foto: Carmem Almeida

Que mulheres!!!!!!

Nem preciso dizer que Boston é cidade pra voltar, sim! De preferência com uma temperatura mais amena.

9 comentários:

  1. Vixi, perdi meu emprego de informante? Eu (quase) nunca esqueço de mencionar que é dentro do Charles, malzaê...

    Boston é uma cidade muito gracinha, principalmente no outono e inverno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rá! Talvez você tenha dito e a gente não tenha registrado a informação...
      Obrigada pela sugestão e pela visita.

      Excluir
  2. Gostei da narrativa, bem detalhada. Recordei a Freedom Trail, apresentando os pontos históricos e o Observatório Skywalk. Apreciei também a cervejaria Samuel Adams. Aa fotos de Ana, como sempre, inexcedíveis. Parabéns

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pela visita.
    Ana agradece os cumprimentos pelas fotos.

    ResponderExcluir
  4. Vi sua visita lá no meu único post sobre esta cidade que amo. Mas vocês já até tinham voltado quando vi. Entrei aqui para ver se acho aquele hostil e o restaurante de Madri que vocês sempre voltam e né deparei com este post lindo desta cidade. Voltei muitas vezes, e voltaria mais se não tivesse tantos luma resposta lindos para ver neste mundo. Bjs e curtam muito a Índia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boston é linda, mesmo!
      Volte sempre que puder.
      (Achou a informação que procurava sobre Madri?)

      Excluir
    2. Achei sim e já passei pra filhota.

      Excluir